segunda-feira, 9 de junho de 2014

Comunicar às vezes é...

Numa reunião do grupo online em que marquei um encontro para um dia fixo, eu disse: "desde já, pedia-vos que me dessem a resposta até amanhã e salientar a importância desse encontro."

Recebi a seguinte resposta: "quanto à reunião com os tutores preferia que fosse outro dia."

Voltei a insistir na " c) e a importância de estarmos lá todos ou, pelo menos, três.", ou seja que me dessem a resposta da pergunta que explicitamente ..."pedia-vos que me dessem a resposta até amanhã...".

Recebi da mesma pessoa: "acho que não leste bem a minha resposta. Afirmei preferir outra data para a reunião. Vou estar em Lisboa com a minha mãe neste fim de semana.", pelo que respondi: "eu li e bem a tua resposta, mas hás-de concordar comigo que "preferir outra data" não significa estar "indisponível" para a data proposta." E recebi o novo repto: "eu não ia dizer que prefiro outra data se não tivesse um bom motivo."

Ficou-me trancado nas teclas e na garganta a resposta: "como eu não sou o professor Bambo...". Mas pronto lá estava eu armado em diplomata para dizer: "peço-vos encarecidamente para pensarmos juntos numa alternativa porque corremos o risco de fracassarmos nesta fase crítica, já que fizemos até hoje tudo bem com mais ou menos dificuldades."

Sem comentários:

Enviar um comentário