terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Zito Azevedo: Arrozcatum para sempre!


Justamente num dia que deixei a Lisboa para visitar o Porto, recebo a notícia da morte daquele que foi um grande amigo, a presença assídua aqui no blog e uma das peças mais lubrificadas da Blogosfera Cabo-verdiana: Zito Azevedo.

O Zito foi, seguramente, o blogger mais persistente e activo da nossa blogosfera, criando e cultivando amizade com todos. Partilhava com todos a sua experiência e sabedoria. Divulgava orgulhosamente a cultura de Cabo Verde, com destaque especial da ilha de São Vicente.

Desde o dia 12, quando soube da notícia por volta das 19h30, ando triste e angustiado. Lamento muito!

O Zito Azevedo comeu o último prato do Arrozcatum em Lisboa anteontem, mas certamente vai comer muito mais no paraíso acompanhado de um bom Big Boss tónico. Caro amigo, reserve um lugar à mesa para mim quando chegar a minha hora. Prometo levar um Gin Mare com hortelã e pimenta rosa.

Até sempre!

quinta-feira, 28 de abril de 2016

O mundo é bemba


Lá em Cabo Verde diz-se que o "mundo é bemba", literalmente qualquer coisa como "aquele que vem e vai", ou melhor, "ontem o tornado estava no meu quintal, hoje está no teu".

Há uns tempos, uma leviana que, por acaso, recebe um salário como jornalista no jornal Asemana de nome Carina David escreveu que "os estudantes cabo-verdianos assaltam supermercados no Porto", não apresentando nenhuma prova, nem factos, que liga um caso isolado à realidade estudantil na Invicta. Foi pura e simplesmente uma leviandade e um puro sensacionalismo.

Todos torceram o nariz, criticaram os estudantes e ninguém se lembrou de analisar a peça e criticar a postura da Carina David. Todos disseram "tá-se bem", "os estudantes não prestam e só querem a paródia e a vida boa".

Anteontem, de repente, todos ficaram pasmados com a leviana ligação que o mesmo jornal, Asemana, fez do caso Massacre em Monte Txota ao narcotráfico. Nada inocente mas igualmente irresponsável como fez com os estudantes cabo-verdianos no Porto.

Querem saber mais? Cá se faz, cá se paga e é pena que nenhuma dessas levianas, que se auto-denominam jornalistas não vão parar à cadeia.
[Imagem: Expresso a apoucar da desgraça alheia. Espero estar aqui para assistir os cinco minutos de fama quando chegar a hora de Portugal]

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Manuel Sanches Da Luz


Manuel Sanches Da Luz[08-09-???? - 22-04-2016], Man Da Luz ou simplesmente Da Luz. Por teres nascido num dia 08 de Setembro, dia de Nossa Senhora da Luz, em Baía, em plena festa da nossa padroeira.

Talvez por isso o teu nome confunde-se com o nome da Baía de Nossa Senhora Da Luz e não há uma única pessoa que não te conhece nessa freguesia. Eu sei e tu sabias que um dia ias partir, até porque há menos de dois meses me disseste isso em tua casa mas uma coisa te digo: volto à Baía para dar a minha contribuição. E é uma promessa!

Esta é a única forma que tenho de perpetuar e eternizar - por enquanto - o teu nome. Espero que não  tiveste amargura na hora da tua partido porque este teu discípulo promete lutar.

Descanse em paz!